Home Campeonatos Mountain Bike Nacional Guilherme Muller é campeão da Taça Brasil de XCO no Paraná

Guilherme Muller é campeão da Taça Brasil de XCO no Paraná

66
0
COMPARTILHAR
Taça Brasil de XCO
Taça Brasil de XCO
Curta nossa página no Facebook

Também integrante do Shimano Sports Team, Karen Olímpio conquistou a prova na sub-23 e garantiu ainda pódio na super elite feminina da Taça Brasil de XCO

A cidade de Campo Largo, na Grande Curitiba (PR), recebeu neste domingo a Taça Brasil de XCO, que marcou a abertura do calendário nacional de provas valendo pontos no ranking UCI (União Ciclística Internacional). Quem subiu no lugar mais alto do pódio na principal categoria (super elite masculina) foi Guilherme Muller, atleta Shimano da equipe Sense Bike Factory Racing. Outro destaque entre os integrantes do Shimano Sports Team foi Karen Olímpio (Team Oggi/Isapa), ganhadora na sub-23 e terceira colocada na super elite feminina, vencida por Letícia Cândido.
Guilherme Muller assumiu a liderança na terceira volta e conseguiu sustentá-la até o final, enquanto Henrique Avancini e Luiz Cocuzzi completaram as três primeiras colocações. Entre os atletas Shimano, Sherman Trezza (Caloi Elite Team) garantiu o quarto lugar, Ricardo Pscheidt (Trek Brasil) foi o sétimo e Daniel Grossi (Groove/Shimano) foi o décimo colocado, fechando o top 10. Kennedi Lago (Team Oggi/Isapa) foi o 11º e Rubinho Valeriano (Sense Bike Factory Racing), o 13º.

“Um dia que ficará pra sempre em minha memória. Esta foi minha primeira vitória na super elite em uma prova de ranking internacional. A sensação é indescritível. Muito obrigado a todos que estão comigo e fazem parte desta conquista”, vibrou Guilherme Muller, ciclista Shimano que tem sua bike equipada com o grupo XTR Di2 de tecnologia eletrônica de troca de marchas.

“Foram sete voltas em um circuito traiçoeiro, que ficou ainda mais técnico com a chuva. Fiz uma boa largada e me posicionei bem, fechando a primeira volta próximo do top 5”, relembrou Guilherme. “Logo encostei no Luiz Cocuzzi que estava liderando, após o Henrique Avancini ter problemas mecânicos. Pouco tempo depois assumi a primeira posição, um pouco antes da metade da prova. A partir daí foi uma batalha pra segurar o ritmo e não cometer grandes erros, porque o Avancini seguia muito próximo”, concluiu.

Disputa feminina – Na disputa feminina, Karen Olímpio não somente confirmou seu domínio na sub-23, à frente de Larissa Brasa e de sua companheira de Shimano Sports Team, Danielle Moraes (AVA Project), ciclistas que completaram o pódio da categoria, como garantiu também um lugar na elite feminina, ao lado de Letícia Cândido e Tânia Clair.

“Estou muito feliz com o resultado e satisfeita com a performance na primeira prova de XCO, em que pude somar importantes pontos no ranking UCI”, comemorou Karen. “Consegui fazer uma boa largada e me mantive junto com as ponteiras durante a primeira volta. Em seguida, tive alguns erros em umas partes que ficaram muito difíceis de se pedalar devido às condições da pista e perdi alguns segundos, que fui recuperando ao longo das cinco voltas para garantir esse ótimo resultado”, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here