Home Campeonatos Mountain Bike Internacional Raiza Goulão obtém seu melhor resultado em Mundiais na elite do mountain...

Raiza Goulão obtém seu melhor resultado em Mundiais na elite do mountain bike

285
0
COMPARTILHAR
Curta nossa página no Facebook

Nové Mesto na Morávia, na República Tcheca, sediou neste fim de semana o Campeonato Mundial de Mountain Bike 2016. A competição feminina teve dobradinha de atletas Specialized, com Annika Langvad (DIN) e Lea Davison (EUA) ocupando as duas primeiras colocações, respectivamente, e a goiana Raiza Goulão (Specialized Racing BR) em 23º, sua melhor classificação em três anos na elite. No masculino, o vice-campeonato ficou com o tcheco Jaroslav Kulhavy (Specialized), em prova que contou com participação do mineiro Rubinho Valeriano (Specialized Hoffman XCO), na 90ª posição. No sub-23 masculino, o neozelandês Sam Gaze (Specialized) conquistou o título inédito em sua carreira.

A disputa feminina foi realizada no sábado com vitória da dinamarquesa Annika em 1h30min13. A brasileira Raiza Goulão, número 1 do Brasil e 15ª no ranking mundial, teve um início complicado e fechou o start loop (volta de apresentação) em 35º lugar. Daí em diante, ela fez uma prova de recuperação para encerrar em 23º, com o tempo de 1h39min57. Foi a melhor colocação da ciclista em Mundiais, após o 37º lugar na Noruega, em 2014, e o 28º lugar na Andorra, em 2015.

“Obtive com a 23ª colocação mais uma evolução em minha performance ao comparar com os resultados anteriores, porém confesso que acabei a prova com um gostinho de que poderia ter sido melhor, consciente de que sou capaz de estar no top 20. De qualquer forma, foi um grande aprendizado para o currículo”, avaliou Raiza. “Agora é descansar porque no fim de semana que vem tem mais uma etapa da Copa do Mundo, na Suíça, e em seguida o Campeonato Brasileiro, em Juiz de Fora (MG). Foco na recuperação e em busca de superação”, completou.

Entre os homens, a briga pelo título foi intensa, com o vice-campeonato do tcheco Jaroslav Kulhavy em 1h28h37, apenas 17 segundos do campeão, após Jaroslav ter liderado as três primeiras voltas. O mineiro Rubinho Valeriano passou por problemas técnicos e foi cortado a duas volta do final.

O equipamento – Raiza Goulão e Rubinho Valeriano tiveram na República Tcheca os melhores equipamentos para a prática do mountain bike. Enquanto Raiza pedalou com sua S-Works Era equipada com o grupo Shimano XTR Di2 de troca de marchas eletrônica, além de utilizar sapatilhas, luvas e capacete S-Works, próprias para a prática do MTB, Rubinho esteve em ação com sua S-Works StumpJumper HT. Entre os equipamentos, o ciclista utilizou o capacete S-Works Prevail, luvas XC Lite e sapatilhas S-Works XC MTB.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here