Home Notícias Renato Rezende e Priscilla Stevaux buscam mais um título Brasileiro de BMX...

Renato Rezende e Priscilla Stevaux buscam mais um título Brasileiro de BMX em Londrina

193
0
COMPARTILHAR
Curta nossa página no Facebook

Os atletas Renato Rezende (GT/FOP/Shimano) e Priscilla Stevaux (Caixa/Shimano/T&G Comunicação) disputarão neste fim de semana o Campeonato Brasileiro de BMX

Responsáveis por representar o Brasil na principal competição da temporada, a Olimpíada Rio 2016, os atletas Renato Rezende (GT/FOP/Shimano) e Priscilla Stevaux (Caixa/Shimano/T&G Comunicação) disputarão neste fim de semana o Campeonato Brasileiro de BMX, em Londrina (PR), evento que contará com o Suporte Neutro da Shimano.

Enquanto a sorocabana Priscilla defenderá o posto de atual bicampeã brasileira, em busca do seu terceiro título, o carioca Renato tentará sua 13ª conquista nacional, a quarta na elite, após vencer em 2010, 2012 e 2014.

O local da competição, a nova pista de BMX Supercross de Londrina, é um dos circuitos mais modernos da América do Sul e fica dentro do Centro de Treinamento da CBC (Confederação Brasileira de Ciclismo).

Assim, pela primeira vez, o Campeonato Brasileiro da modalidade será realizado em uma pista de nível internacional, tornando a disputa mais acirrada e emocionante.

Enquanto as tomadas de tempo das elites, o chamado Time Trial, serão realizadas no sábado (12), às 17h30, a competição dos profissionais terá fase classificatória no domingo (13), das 10h10 às 13h, e as finais entre 13h30 e 14h30.

“Minhas expectativas são grandes para o Campeonato Brasileiro de BMX, em Londrina, porque a competição será realizada em uma pista em que eu treinei bastante durante a preparação para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro”, destaca Priscilla Stevaux. “Fico confiante por ela ser no formato do BMX Supercross, onde normalmente me dou muito bem. Com certeza irei com tudo em busca do lugar mais alto do pódio”, complementa a ciclista.

“A pista é a primeira de BMX Supercross do Brasil, sem contar aquela que utilizamos para a Rio 2016. O gate (rampa de largada) tem oito metros de altura e as rampas são maiores, ou seja, atingimos uma velocidade maior durante a competição. Está bem legal o local. Treinei lá antes dos Jogos Olímpicos e realmente tem ótimas condições para a prática do esporte, o que me anima bastante para competir o Brasileiro neste fim de semana”, conta Renato Rezende.

campeonato-brasileiro-de-bmx-2
Principal evento nacional da modalidade será realizado na moderna pista de BMX Supercross da cidade paranaense e reunirá os melhores pilotos do País neste fim de semana

Favoritos – O currículo vitorioso da dupla e a participação na Rio 2016 coloca os dois atletas Shimano entre os principais favoritos ao título.

No caso de Renato, são 12 títulos em Brasileiros, sete na challenger, dois na júnior e três na elite.

“Seria especial vencer esta edição por ser a primeira em pista de Supercross. Porém, este ano foi bem complicado, porque tive lesões e fiquei parado bastante tempo. Apenas há poucas semanas voltei a treinar”, avalia Rezende.

“Decidi disputar o Brasileiro para voltar a sentir a adrenalina de prova, mas não vou com a pressão de ter que ganhar. Quero competir em Londrina para me divertir e fazer aquilo que amo, porque este ano participei unicamente de etapas da Copa do Mundo, o Mundial e a Olimpíada. Ou seja, o Brasileiro será menos intenso. Voltar a uma corrida no Brasil, e não ser em Jogos Olímpicos, como foi em agosto no Rio de Janeiro, será bem bacana”, finaliza o ciclista carioca, radicado em Poços de Caldas (MG).

Para Priscilla será a oportunidade de se manter no topo da elite feminina. Após o vice-campeonato em 2013, a sorocabana venceu a competição nos dois anos seguintes.

“Se eu ganhar esta edição será meu terceiro título. Por isso, estou viajando para o Paraná bastante animada para tentar uma conquista que com certeza será muito importante para minha carreira”, finaliza Priscilla.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here