Home Sem categoria Novo sistema de satélites europeu é 5x mais preciso que sistema de...

Novo sistema de satélites europeu é 5x mais preciso que sistema de GPS

75
0
COMPARTILHAR
Satelite geolocalização Galileo
Satelite geolocalização Galileo
Curta nossa página no Facebook

Sistema de satélite europeu Galileo terá sistema de recepção e retransmissão de sinais como sinais de socorro S.O.S.

A Comissão Europeia anunciou, no dia 15 de dezembro, o início das operações do novo sistema de navegação por satélites mundial, batizado de Galileo.

O Galileo surge como um dos principais concorrentes dos sistemas de geolocalização GPS (EUA) e GLONASS (Rússia), prometendo uma precisão cinco vezes maior que seus concorrentes.

O novo sistema de satélites foi desenvolvido pela União Europeia com o apoio da Agência Espacial Europeia (ESA) e conta inicialmente com 18 satélites, que circulam a Terra em três órbitas diferentes a 23.222 quilômetros de altura, posicionados a 120 graus um da outro.

Em 2020, o número de satélites chegará 30 satélites (seis a mais que o sistema GPS) e oferecerá cobertura de localização em em todo o planeta Terra.

Segundo os desenvolvedores do novo sistema de geolocalização Galileo pode indicar o posicionamento com uma margem de erro menor que quatro metros, inferior aos 20 metros no GPS.

Dispositivos que utilizarem sistema de satélites Galileo trarão compatibilidade nativa com redes GPS e Glonass

Outra novidade do Galileo é sua compatibilidade com a rede GPS e GLONASS de forma nativa. Com isso será possível projetar novos equipamentos de navegação que possam monitorar e receber o sinal de mais de um sistema de satélites ao mesmo tempo.

Esta funcionalidade permitirá a dispositivos com o Galileo utilizar até 15 satélites dentro do alcance do aparelho receptor, resultando em maior precisão, com pequenas margens de erros, na casa dos centímetros.

Sistemas de satélites Galileo permitirá envio e recebimento de sinais 

Além da maior precisão, compatibilidade e confiabilidade no fornecimento de dados de geolocalização, a rede de satélites Galileo permite enviar e receber sinais, que vai possibilitar uma série de serviços para navegação autônoma de automóveis a drones.

Outra funcionalidade que será oferecido pelo Galileo é o SoL (Safety of Life Service). Esta função poderá enviar sinais de S.O.S. e retransmiti-los para uma centrais de apoio. A Garmin já possui alguns protótipos que utilizam essa tecnologia.

Disponibilidade da rede Galileo de satélites de geolocalização

Os primeiros smartphones devem chegar já no  primeiro semestre de 2017. Fabricantes de equipamentos como a Garmin prometem lançamentos de produtos compatíveis com o Galileo para breve.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here