Top 5 bicicletas elétricas urbanas nacionais

Bicicleta Elétrica Sense Breeze 2020

Se você está procurando comprar sua primeira e-Bike nós trazemos um top 5 das cinco bicicletas elétricas urbanas fabricadas em solo brasileiro, então, confere!

As bicicletas elétricas estão se popularizando no mundo inteiro e no Brasil não é diferente, as grandes fabricantes nacionais estão introduzindo modelos com pedal assistido que deve facilitar muito a vida de ciclistas urbanos, principalmente, daqueles que utilizam a bike para ir ao trabalho.

No nosso comparativo, vamos elencar as top 5 bicicletas elétricas urbanas considerando um conjunto de qualidades do projeto de cada bike no contexto do uso nas grandes cidades sem levar em conta o conjunto elétrico, pois não tivemos como testar e nem 

1 – Bicicleta Sense Breeze E-Urban 2020

Bicicleta Elétrica Sense Breeze 2020

A Sense Breeze E-Urban 2020 conseguiu o topo da lista ao reunir as qualidades que uma bicicleta elétrica urbana precisa estar preparada para o uso no dia-a-dia nas cidades grandes. 

Com um visual retrô e ao mesmo tempo preocupada com a robustez, a bicicleta elétrica é construída com um downtube e um top tube bem definidos e equipamentos que dão a vocação urbana como para-lamas dianteiro e traseiro e bagageiro, de longe, ninguém percebe que a Sense Breeze E-Urban 2020 é uma bicicleta elétrica.

A Sense Breeze E-Urban 2020 também possui suspensão dianteira e no canote aumentando o conforto de quem pedala. 

Ficou interessado na Sense Breeze E-Urban 2020, compre a sua aqui

Pontos Positivos da Bicicleta Elétrica

  • Suspensão no garfo e no canote privilegiando o conforto;
  • Visual retrô, elegante e robusto;
  • Presença de pára-lamas que são bem úteis em dias de chuva para quem pedala na cidade;
  • Visual discreto que não aparenta ser uma bicicleta com assistência elétrica apesar da bateria externa instalada sob o bagageiro;
  • Presença de bagageiro para levar bolsas, livros e outros objetos; 
  • Presença de pára-lamas para não molhar o ciclista quando passar em poças d’água;e
  • Preço e custo benefício atraentes – R$ 6.814,50.

Pontos Negativos da Bicicleta Elétrica

  • Autonomia da bateria de apenas 45 km; 
  • Freios do tipo V-Brake, que ajudam a baratear o projeto da bike mas são menos eficientes que os freios a disco;
  • Conjunto de componentes mais modesto entre as cinco; e
  • Peso de 23kg.

2 – Bicicleta Elétrica Oggi Lite Tour E-500

Bicicleta Elétrica Oggi Flex Lite Tour E-5002020
Bicicleta Elétrica Oggi Flex Lite Tour E-500 2020.

Se a primeira colocada ganhou o comparativo pelo conjunto recheado de acessórios, a bicicleta elétrica urbana Oggi Lite Tour E-500 ganha a segunda colocação com o lema menos é mais.

A bicicleta elétrica Oggi Lite Tour E-500 se destaca com seu visual minimalista. O design da da bike lembra as City Tour mais modernas, uma mistura de mountain bike e bicicleta de estrada com pneus de fino. 

A bateria fica instalada na parte interna do downtube e isso esconde os vestígios de uma bicicleta elétrica da Oggi Lite Tour E-500 e nós gostamos muito.

Ao adotar um visual mais limpo, a Oggi sacrificou alguns componentes e acessórios como suspensões, pára-lamas e bagageiro, mas o quadro possui furações para a instalação deste último acessório. A decisão de não enchê-la de tudo isso rendeu a Oggi Lite Tour E-500 um peso de apenas 15,7kg.

A Oggi Lite Tour E-500 ainda trás um ano de seguro grátis serviço que está cada vez mais se popularizando entre os usuários protegendo, principalmente, de roubos e furtos de bike.

No conjunto, a Oggi Lite Tour E-500 ficou muito próxima, quase um empate técnico, com a Sense Breeze E-Urban 2020 e a escolha entre as duas vai depender muito do seu perfil de pedalar.

Pontos positivos da bicicleta elétrica

  • Visual minimalista e de City Tour moderna entre um MTB e uma Speed
  • Sem vestígios aparente de uma bicicleta elétrica;
  • Peso de apenas 15,7kg;
  • Freios a disco hidráulico
  • Quadro com perfil de bicicleta rápida e não de passeio; e
  • Preço e custo benefício atraentes – R$7.490,00.

Pontos negativos da bicicleta elétrica

  • Autonomia da bateria entre 20 e 60 km; 
  • Ausência de acessórios básicos e componentes para uso na cidade e sem suspensão;

3 – Bicicleta Elétrica Caloi E-Vibe City Tour 2020  

Bicicleta Elétrica Caloi E-Vibe City Tour
Bicicleta Elétrica Caloi E-Vibe City Tour.

A Caloi E-Vibe City Tour 2020 chega ao terceiro lugar do nosso Top 5 Bicicletas Elétricas Urbanas com o melhor conjunto mas isso tem um custo alto para a maioria dos ciclistas que procuram bicicletas elétricas urbanas no Brasil.

A bicicleta elétrica Caloi E-Vibe City Tour 2020 tem um visual de bikes City Tour mais moderno, bem mais incrementado que seus concorrentes como suspensão Rock Shox e conjunto de motor elétrico Shimano DU-E5000 e bateria BT-E6010, apresentando a melhor autonomia do comparativo.

A bateria é do tipo que fica instalada por cima do downtube e o motor elétrico Shimano são bem proeminentes, chamando a atenção que este modelo é uma e-Bike.

A Caloi E-Vibe City Tour 2020 não possui pára-lamas e bagageiro, mas trás furação para a instalação deste último acessório.

Pontos positivos da bicicleta elétrica

  • Autonomia entre 75 a 150 km de acordo com modo de pilotagem segundo fabricante;
  • Visual de City Tour inspirada nas mountain bikes;
  • Melhor conjunto de motor elétrico e bateria Shimano;
  • Freios a disco hidráulico;
  • Quadro com perfil de bicicleta rápida e não de passeio;

Pontos negativos da bicicleta elétrica

4 – Bicicleta Elétrica Oggi Flex 700 Steps 9v 2020 

Bicicleta Elétrica Oggi Flex 700 2020
Bicicleta Elétrica Oggi Flex 700 2020.

A bicicleta e-Bike Oggi Flex 700 Steps 9v 2020 é uma clássica repaginada. Com um estilo de bicicleta de passeio e componentes de mountain bike, a bicicleta elétrica da Oggi não se encaixa dentro da classificação atual.

Apesar do visual controverso, a bicicleta elétrica Oggi Flex 700 Steps 9v 2020 traz uma boa lista de componentes e o melhor conjunto de motor elétrico Shimano DU-E5000 e bateria BT-E6010 igual ao da Caloi E-Vibe City Tour 2020.

O conjunto elétrico da Oggi Flex 700 Steps 9v 2020 consegue uma boa autonomia a suspensão Rock Shox XC 30 com curso de 80mm garante conforto na pedalada. 

Pontos positivos da bicicleta elétrica

  • Autonomia entre 75 a 150 km de acordo com modo de pilotagem segundo fabricante;
  • Estilo de bicicleta de passeio privilegiando o conforto;
  • Melhor conjunto de motor elétrico e bateria Shimano;
  • Freios a disco hidráulico;

Pontos negativos da bicicleta elétrica

  • Peso de 21kg
  • Preço alto e custo-benefício médio – R$ 11.999,00;   
  • Conjunto de motor elétrico e bateria salta aos olhos chamando bastante atenção; e
  • Ausência de acessórios básicos para uso na cidade como pára-lamas e bagageiro apesar da presença de furos para instalação deste último;

5 – Bicicleta dobrável Sense Easy E-Urban 2020

Bicicleta dobrável Elétrica Sense Easy 2020
Bicicleta Elétrica dobrável Sense Easy 2020

A Sense emplaca seu segundo modelo na quinta colocação da nossa lista com a bicicleta elétrica dobrável Sense Easy E-Urban 2020.

A Easy E-Urban 2020, assim como sua irmã Breeze E-Urban, já vem preparada para encarar as ruas da cidade, já vindo com acessórios básicos como bagageiro, pára-lamas e farol, tudo de fábrica.

Outra vantagem é o fato da Sense Easy E-Urban 2020 ser dobrável, facilitando na hora de colocar no porta-malas, carregar na mão até a sua sala no escritório ou subir com a bicicleta dobrável até seu apartamento sem bater nas paredes.

Pontos positivos da bicicleta elétrica

  • Facilidade para levar dobrada;
  • Presença de pára-lamas que são bem úteis em dias de chuva para quem pedala na cidade;
  • Visual discreto que não aparenta ser uma bicicleta com assistência elétrica apesar da bateria externa instalada sob o bagageiro;
  • Presença de bagageiro para levar bolsas, livros e outros objetos; 
  • Presença de pára-lamas para não molhar o ciclista quando passar em poças d’água;e
  • Melhor preço e custo benefício – R$ 5.690.  

Pontos negativos da bicicleta elétrica

  • Autonomia da bateria de apenas 45 km; 
  • Freios do tipo V-Brake, que ajudam a baratear o projeto da bike mas são menos eficientes que os freios a disco;
  • Conjunto de componentes mais modesto entre as cinco; e
  • Peso de 20,7kg.